...COM CARINHO...

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Será Que Deus é Culpado? Reflexão...


Peguei esse texto no blog "Eterno Aprendiz", da
minha amiga virtual
"Telva Tanajura".
Achei a mensagem apropriada para refletirmos
sobre nossos valores e nossa fé.
Vale a pena ler!!


Finalmente a verdade é dita na TV Americana.
A filha de Billy Graham estava sendo entrevistada no Early Show e Jane Clayson perguntou a ela:
'Como é que Deus teria permitido algo horroroso assim acontecer no dia 11 de setembro?'
Anne Graham deu uma resposta profunda e sábia:
'Eu creio que Deus ficou profundamente triste com o que aconteceu, tanto quanto nós.
Por muitos anos temos dito para Deus não interferir em nossas escolhas, sair do nosso governo e sair de nossas vidas.
Sendo um cavalheiro como Deus é, eu creio que Ele calmamente nos deixou.
Como poderemos esperar que Deus nos dê a sua benção e a sua proteção se nós exigimos que Ele não se envolvesse mais conosco?'
À vista de tantos acontecimentos recentes; ataque dos terroristas, tiroteio nas escolas, etc.
Eu creio que tudo começou desde que Madeline Murray O'hare (que foi assassinada), se queixou de que era impróprio se fazer oração nas escolas Americanas como se fazia tradicionalmente, e nós concordamos com a sua opinião.
Depois disso, alguém disse que seria melhor também não ler mais a Bíblia nas escolas...
A Bíblia que nos ensina que não devemos matar roubar e devemos amar o nosso próximo como a nós mesmos. E nós concordamos com esse alguém.
Logo depois o Doutor Benjamin Spock disse que não deveríamos bater em nossos filhos quando eles se comportassem mal, porque suas personalidades em formação ficariam distorcidas e poderíamos prejudicar sua auto-estima (o filho dele se suicidou) e nós dissemos:
'Um perito nesse assunto deve saber o que está falando'.
E então concordamos com ele.
Depois alguém disse que os professores e diretores das escolas não deveriam disciplinar nossos filhos quando se comportassem mal.
Então foi decidido que nenhum professor poderia tocar nos alunos... (há diferença entre disciplinar e tocar).
Aí, alguém sugeriu que deveríamos deixar que nossas filhas fizessem aborto, se elas assim o quisessem.
E nós aceitamos sem ao menos questionar.
Então foi dito que deveríamos dar aos nossos filhos tantas camisinhas, quantas eles quisessem para que eles pudessem se divertir à vontade.
E nós dissemos: 'Está bem!'
Então alguém sugeriu que imprimíssemos revistas com fotografias de mulheres nuas, e disséssemos que isto é uma coisa sadia e uma apreciação natural do corpo feminino.
Depois outra pessoa levou isso um passo mais adiante e publicou fotos de Crianças nuas e foi mais além ainda, colocando-as à disposição da internet.
E nós dissemos:
'Está bem, isto é democracia, e eles tem o direito de ter liberdade de se expressar e fazer isso'.
Agora nós estamos nos perguntando por que nossos filhos não têm consciência e porque não sabem distinguir o bem e o mal, o certo e o errado;
porque não lhes incomoda matar pessoas estranhas ou seus próprios colegas de classe ou a si próprios...
Provavelmente, se nós analisarmos seriamente, iremos facilmente compreender:
Nós colhemos só aquilo que semeamos!!!
Uma menina escreveu um bilhetinho para Deus:
'Senhor, porque não salvaste aquela criança na escola?'
A resposta dele:
'Querida criança, não me deixam entrar nas escolas!!!'
É triste como as pessoas simplesmente culpam a Deus e não entendem porque o mundo está indo a passos largos para o inferno.
É triste como cremos em tudo que os Jornais e a TV dizem, mas duvidamos do que a Bíblia, ou do que a sua religião, que você diz que segue ensina.
É triste como alguém diz:
'Eu creio em Deus'.
Mas ainda assim segue a satanás, que, por sinal,também 'Crê' em Deus.
É engraçado como somos rápidos para julgar, mas não queremos ser julgados!
Como podemos enviar centenas de piadas pelo e-mail, e elas se espalham como fogo, mas, quando tentamos enviar algum e-mail falando de Deus, as pessoas têm medo de compartilhar e reenviá-los a outros!
É triste ver como o material imoral, obsceno e vulgar corre livremente na internet, mas uma discussão pública a respeito de Deus é suprimida rapidamente na escola e no trabalho.
É triste ver como as pessoas ficam inflamadas a respeito de Cristo no sábado, mas depois se transformam em cristãos invisíveis pelo resto da semana.
Você mesmo pode não querer reenviar esta mensagem a muitos de sua lista de endereços porque você não tem certeza a respeito de como a receberão, ou do que pensarão a seu respeito, por lhes ter enviado.
Não é verdade?
Gozado que nós nos preocupamos mais com o que as outras pessoas pensam a nosso respeito do que com o que Deus pensa...
'Garanto que Ele que enxerga tudo em nosso coração está torcendo para que você, no seu livre arbítrio,
envie estas palavras a outras pessoas'.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

"Mensagem Para o Primeiro Dia de Aula"


PRESENÇA
Que bom que você veio!
O encontro é algo divino e maravilhoso!
É maravilhoso...
Encontrar a simplicidade, a disponibilidade,
o olhar puro e o gesto pronto...
É maravilhoso...
Encontrar um riso aberto, uma alma corajosa,
um desejo de ser mais.
Aqui, se realiza a maravilha do encontro,
porque você se faz presente...
Realiza porque você veio, trazendo um pouco de
seu próprio manancial cristalino: um pouco das
suas histórias, um pouco de você mesmo...
E esteja em casa e abra seu coração!
A sua presença há de nos deixar mais ricos,
há de nos aumentar as energias, para a luta de construir...
Sim!
É da esperança, é do construir,
que o mundo de hoje precisa...
Com as nossas mãos apertadas as suas,
encontraremos novos rumos!
Que bom que você veio!
Obrigado(a) pela sua presença!
(Desconheço a autoria)

"Sugestões de Dinâmicas Para os Primeiros Dias de Aula""

Oi colegas de Profissão!
O "Ano Letivo" começa!
Pensando nisso, resolvi postar algumas "Dinâmicas"
que podem ser usadas nos primeiros dias de aula,
a fim de proporcionar a interação
entre os alunos.
Espero que sejam úteis!


1-Dinâmica do nome
Objetivo: quebrar gelo.
Pode ser proposta no primeiro dia em que o grupo se encontra. É ótima para gravar os nomes dos colegas.
Procedimento: Em círculo, assentados ou em pé, os participantes vão um a um ao centro da roda ( ou no próprio lugar), falam seu nome completo, juntamente com um gesto qualquer. Em seguida todos devem dizer o nome da pessoa e repetir o gesto feito por ela.
Variação: Essa dinâmica pode ser feita apenas com o primeiro nome e o gesto da pessoa, sendo que todos devem repetir em somatória, ou seja, o primeiro diz seu nome, com seu gesto e o segundo diz o nome do anterior e o gesto dele, e seu nome e seu gesto... e assim por diante. Geralmente feito com grupos pequenos, para facilitar a memorização. Mas poderá ser estipulado um número máximo acumulativo, por exemplo após o oitavo deve começar um outro ciclo de 8 pessoas.(Autor desconhecido)

2-Dinâmica do “Mestre”
Objetivos: socializar, desinibir, coordenar.
Em círculo, os participantes devem escolher uma pessoa para ser o adivinhador. Este deve sair do local. Em seguida, os outros devem escolher um mestre para encabeçar os movimentos/mímicas. Tudo que o mestre fizer , todos devem imitar.
O adivinhador tem duas chances para saber quem é o mestre.
*Se errar, volta e se acertar o mestre vai em seu lugar.

3-Dinâmica: Sorriso Milionário
Material: Bolinhas de papel amassado.
Procedimento:
Essa dinâmica é usada para descontrair e integrar o grupo de uma forma divertida. Cada bolinha vale R$ 1.000,00. O professor distribuirá para cada pessoa do grupo 5 bolinhas de papel.
Dado o sinal os alunos deverão sair e procurar um companheiro, em seguida devem parar em sua frente, olhar fixamente nos olhos desse companheiro que por sua vez não pode sorrir.
Quem sorrir primeiro paga uma bolinha para a pessoa a quem sorriu. Vence quem terminar a brincadeira com mais “dinheiro”, que será o milionário.(contribuição: Renata G. Evangelista)

4-Dinâmica do 1, 2, 3.
Objetivo: Quebrar gelo.
Procedimento:
1º momento: Formam-se duplas e então solicite para que os dois comecem a contar de um a três, ora um começa, ora o outro. Fica fácil.
2º momento: Solicite que ao invés de falar o número 1, batam palmas. Os outros números devem ser pronunciados normalmente.
3º momento: Solicite que ao invés de falar o número 2, que batam as mãos na barriga. O número 3 deve ser pronunciado normalmente.Começa a complicar.
4º momento: Solicite que ao invés de falar o número 3, que devem dar uma “reboladinha”. A situação fica mais divertida.
(Contribuição de Ricardo José Rodrigues)

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Promoção "Um Pouco de Mim" em 2010!

"A leitura é o passaporte para o conhecimento"
(Desconheço a autoria)

(http://elainegasparetto.blogspot.com/)

Fui indicada pela grande amiga
"Viviane Patrice"
para participar da promoção "Um Pouco de Mim no Ano Novo "...
idealizado por "Elaine Gasparetto" (link acima).

*Funciona assim:
Serão três ganhadores de livros:
dois por sorteio e um escolhido pela
"Elaine Gaspareto".

As Regras são as seguintes:
a)Postar o selo da promoção.
b)Responder: "Em 2010 eu quero...

Eis aqui as minhas respostas:
-Retomar às minhas caminhadas (sair do sedentarismo).
-Cuidar mais da minha saúde física e espiritual.
-Procurar manter a calma, evitando o estresse.


*Cada amiga escolhida, deverá indicar 3 pessoas
para darem seguimento à brincadeira.
*Informá-las que devem deixar um comentário
no Post da promoção (link), confirmando a participação.
*Escolher qual o livro que gostariam de ganhar .
(constam no Post da Promoção)

Minhas Amigas Indicadas:
Elaine
Joelma Couto
Roberta Guimarães
Recapitulando!!
Você leva o selo, posta em seu blog, completa a frase
que está no selo e convida mais três pessoas para participar.
Não esqueça de dizer a cada uma para avisar
que está participando!
Meu Carinho...

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Começar o Dia!


Não interessa se você começa o dia com o pé direito
ou esquerdo,
o que importa é que; após os pés no chão
você caminhe confiante, pois o mundo será bem melhor.
Seria uma alegria para todos,
se os seus passos fossem para frente,
se os obstáculos fossem removidos e não saltados,
se suas marcas, seus atos fossem endereçados
para a Paz.
Não interessa se seus pés são grandes e fortes,
mas, se eles suportam todos os problemas no dia.
Na realidade ... não interessa seus pés!!

O importante é você ser o que é...
Vivendo a verdade!
O principal é viver cada dia com o coração aberto
para dar e receber!
Fazer do seu coração uma porta sempre aberta...
Se você fizer tudo sempre com vontade e amor,
a sua consciência estará sempre tranquila.
Se você ainda não souber sorrir e chorar,
cair e levantar,
é porque ainda é capaz de amar.
Se você não é robô,
indiferente aos irmãos...
Você tem possibilidades de viver este dia,
com
Esperança e Amor.
(Paulo Madruga)


 
©2007 '' Por Elke di Barros